Em Goiânia, transporte coletivo não vai parar

(Foto: Reprodução / Internet)

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), responsável pela administração do serviço ofertado em Goiânia e mais 18 municípios integrados, divulgou um comunicado nesta segunda-feira (23), sobre o funcionamento da frota de transportes coletivos durante a quarentena.

De acordo com a nota a empresa informou que, após “reunião com representantes do governador Ronaldo Caiado e o prefeito de Goiânia, Iris Resende, ficou decidido que o transporte na região metropolitana da capital não vai parar, e o decreto de Lei do governo estadual, baixado na sexta-feira (20), determinando o transporte de pessoas sentadas, continua valendo”.

Decreto de Lei de número 9.638

Ficou acertado entre os gestores que este decreto de número 9.638 será regulamentado num trabalho conjunto entre CMTC e Agência Goiana de Regulação (AGR). Neste documento constarão as determinações sobre quem vai usar o transporte e o escalonamento de horário que atenda a demanda de trabalho ainda ativo nas cidades. Ação pensada para se evitar aglomerações em terminais de ônibus.

Poderão utilizar o serviço de transporte todas as pessoas e trabalhadores ligados diretamente as atividades econômicas elencadas como imprescindíveis e que constam do decreto 9.633 alterado pelo decreto 9.638 do governo estadual.

Idoso

O passe- livre para o idoso continuará ativo para atender a parcela que necessita de atendimento e tratamento de doenças crônicas. A Polícia Militar vai atuar na checagem desse trânsito de idosos, fazendo a orientação necessária sobre o bom uso do transporte para se evitar o contágio.

Ministério Público e Defensoria Pública

A CMTC informa que foi notificada da decisão judicial na manhã dessa segunda-feira (23) às 10h50. A notificação determina a volta da frota total de ônibus nas linhas do transporte público, a CMTC vai cumprir a determinação.

Operação

A companhia também informa que a operação de hoje (23) transcorreu de forma tranquila e atendeu baixa demanda.

Frota

Toda a frota estará em operação e que a equipe de motoristas designada ao trabalho não pertence a grupos de risco. Motoristas com idade acima de 60 anos e/ou com doença crônica estão em férias coletivas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here