70% dos brasileiros reprovam Eduardo Bolsonaro na embaixada dos EUA

Donald Trump, Eduardo e Jair Bolsonaro. (Foto: Reprodução)

A nomeação do filho de Bolsonaro possui maior apoio entre os filiados do partido PSL

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha, divulgada nesta quarta-feira (4), aponta que 70% dos brasileiros não querem que Eduardo Bolsonaro assuma o cargo de embaixador em Washington, Estados Unidos. Em contrapartida, somente 23% dos entrevistados aprovam a iniciativa.  A opinião contrária à nomeação é maior entre os jovens de 16 a 24 anos (74%), funcionários públicos (81%) e estudantes (78%).

A decisão de Jair Bolsonaro sofre grande rejeição em praticamente todos os estratos pesquisados, exceto entre os simpatizantes do PSL, partido do presidente (64% de apoio), e entre os que classificam o governo como ótimo/bom (54%).

Até o momento o nome do filho do presidente não foi oficializado por Bolsonaro. Além da rejeição da população, a indicação é rechaçada por diplomatas do Itamaraty e por juristas, que observam na iniciativa um ato de nepotismo. A aprovação do nome de Eduardo depende do Senado, onde o filho do presidente está mantendo conversações para conseguir votos suficientes para ratificar a nomeação.

A pesquisa Datafolha foi realizada entre os dias 29 e 30 de agosto e entrevistou 2.878 pessoas em 175 municípios do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

*Com informações da Folha de S.Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here