Governo Bolsonaro gasta 6,5% dos recursos previstos para segurança

Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro e o presidente da Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O investimento na pasta do ministro Sérgio Moro recebeu o menor investimento registrado dos últimos anos

Após 8 meses da posse, o governo Bolsonaro investiu apenas 6,5% dos recursos previstos de 2019, para segurança pública do Fundo Nacional de Segurança Pública. O fundo é a principal ferramenta de repasse de verbas a projetos e ações na pasta da segurança e prevenção da violência.

Os recursos ficam sob responsabilidade do Ministério da Justiça e Segurança Pública, guiado pelo ex-juiz, Sérgio Moro. Segundo dados da execução orçamentária do Ministério do Planejamento, até esta última terça-feira (13), de 1,7 bilhão previsto para o ano de 2019, apenas 113, 8 milhões foram investidos.

Considerando os recursos reservados para pagamentos planejados, o montante chega a 232,7 milhões, o equivalente a 13% do orçamento atual. A quantia de 1,7 bilhão prevista para este ano é um dos mais altos previstos para o fundo, desde a sua criação, em 2001. O alto valor deve-se a uma lei aprovada no final de 2018, pelo ex-presidente Michel Temer, que previa repasse de recursos de loterias federais para o fundo.

O valor investido pelo governo atual na segurança pública até então é dos mais baixos registrados, mas também semelhantes aos anos de 2009 a 2011, de governos anteriores. O maior investimento se deu em 2007, quando foram investidos 82% do orçamento previsto. 

Ainda de acordo os dados oficiais, dos 102 milhões previstos no fundo para transferências para estados e municípios em 2019, nenhuma verba foi disponibilizada até o momento. Do total disponibilizado pelo governo Bolsonaro, quase todo, R$ 83,5 milhões (76%), foi destinado à Força Nacional de Segurança – tropa financiada pelo governo federal e empregada no apoio operacional nos estados em dificuldade de conter ações criminosas.

*Com informações da Folha de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here