Bolsonaro nomeia embaixador do turismo com histórico de crimes ambientais

Foto: Carolina Antunes

Criadouro que Richard Rasmussen mantinha com animais exóticos foi fechado pelo IBAMA

Na última sexta-feira (2), Richard Rasmussen foi anunciado pelas redes sociais do presidente Bolsonaro como embaixador do turismo no Brasil, com foco no ecoturismo. Richard, apresentador conhecido pelas aventuras e interações com animais selvagens e exóticos em programas de TV, já foi autuado pelo IBAMA em dez infrações sobre fauna.

A soma das multas, aplicadas entre 2002 e 2009 resulta em R$ 263,1 mil reais e correm em processos separados na Justiça. A maior multa recebida por Rasmussen é de R$ 144 mil, em 2004, geradas por destinação ou permutação de espécie silvestre sem autorização do órgão responsável.

Grande parte das autuações aconteceu em Carapicuíba, interior de São Paulo, onde o apresentador mantinha um criadouro sem comprovação de origem dos animais e com suspeitas de tráfico. O espaço foi fechado em 2005, pelo IBAMA. Em apelação ao Ministério Público Federal, o IBAMA relata que durante vistoria de 2004, “faltavam diversos animais que constavam da fiscalização anterior, existindo outros que não constavam”. Vários animais silvestres foram encontrados mortos, outros mantidos em canis e outros circulavam livremente.

O resumo da apelação lista “elevado número de mortes de animais devido às más condições do criadouro; maus tratos, diante das condições de insalubridade, fugas, mortes por predadores, falta de cuidados veterinários e devida alimentação, nas recorrentes fugas de animais já acostumados à vida em cativeiros, sem o acompanhamento de sua devida reinserção na natureza; nos indícios de ainda maior número de mortes, fugas ou venda a pessoa sem condições de receber animais , diante da ausência de documentos de destino dos animais desaparecidos; na recepção de animais apanhados por natureza, por não haver documento probatório de origem lícita; dos danos causados ao ecossistemas nacionais pela introdução de espécimes exóticas.”

A primeira multa do IBAMA ocorreu no mesmo ano em que Richard Rasmussen foi para a televisão, em 2002, em uma atração do Programa do Faustão. Nos últimos anos, ele fez parte de quadros na TV Record e ganhou seu próprio programa nos canais SBT, Net Geo e Bandeirantes.

Na função de embaixador, Richard terá como missão divulgar o Brasil no exterior como destino ecoturístico, além de participar de eventos internacionais como palestrante.

*Com informações da Folha de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here