Sete em cada dez brasileiros confiam nos efeitos positivos da ciência

(Foto: Shutterstock)

Apesar dos recentes cortes e críticas às instituições de pesquisa nos últimos meses, estudo revela boa confiabilidade do brasileiro no campo científico

De acordo com a estimativa de um novo relatório do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), sete em cada dez brasileiros acreditam que a ciência e a tecnologia trazem mais benefícios do que malefícios à sociedade. Em sua quarta edição, a pesquisa “Percepção Pública da Ciência & Tecnologia no Brasil” mostrou que a população tem uma visão positiva sobre os cientistas. Para 64% dos 2.200 entrevistados, os pesquisadores são “pessoas comuns com treinamento especial” ou “pessoas inteligentes que fazem coisas úteis à humanidade”.

Temas como medicina e saúde; meio ambiente; religião; e ciência e tecnologia estão entre os que os brasileiros consideram de maior interesse. A porcentagem de entrevistados que declararam ter visitado, no último ano, um museu de ciência e tecnologia, caiu pela metade desde a última pesquisa. E a maioria dos brasileiros diz buscar “nunca” ou “raramente” informações sobre o tema em qualquer mídia.

Apenas 10% dos entrevistados souberam citar o nome de um cientista ou instituição científica. O mais lembrado foi o astronauta Marcos Pontes, que é atualmente o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), seguido pelos sanitaristas Oswaldo Cruz e Carlos Chagas e pelo aviador, Santos Dumont. Por outro lado, 54% dos entrevistados acreditam que a ciência brasileira está atrasada, sendo assim, ainda, um percentual maior do que o visto em 2006 (35%), 2010 (28%) e 2015 (43%).

Entre as maiores preocupações declaradas pelos entrevistados estão desmatamento na Amazônia (92%), os danos ao meio ambiente causados pela mineração (92%), o uso de agrotóxicos na agricultura (87%), os efeitos das mudanças climáticas (83%), os alimentos geneticamente modificados (74%) e o uso de energia nuclear (71%).

*Com informações do site O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here