Ministro da educação discute com manifestantes no Pará

O ministro reivindica sua naturalidade em discussão com um representante indígena “eu sou descendente de índio e de negro, eu sou mais brasileiro que qualquer um aqui”

Uma discussão entre o ministro da Educação, Abraham Weintraub e manifestantes na cidade de Alter do Chão tem chamado atenção nas redes sociais. Um vídeo gravado, na noite desta segunda feira (22), mostra Weintraub de roupas informais reclamando da humilhação de ter sido corrigido por um cidadão na frente da família, sobre a diferença entre “kafta” e o autor alemão, Kafka. O ministro está afastado do cargo, em um período de férias.

O manifestante fez referência à fala de Weintraub durante audiência pública no Senado, em maio, quando o ministro confundiu o nome do escritor Franz Kafka e o  nome de um prato típico da culinária árabe, kafta. As filmagens mostram que o ministro rebate as críticas e grita com pessoas que protestam contra suas falas, em cima de um palanque improvisado e discute com uma pessoa indígena que reclama que não foi recebido por Weintraub quando foi a Brasília. Os dois chegam a disputar o microfone.

Na página do Ministério da Educação, a agenda confirma que Weintraub está em férias desde o sábado (20) até o próximo dia 27 de julho.

*Com informações do Congresso em Foco

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here