42 senadores se manifestam favoráveis à reforma da Previdência

(Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

São necessários ao menos 49 senadores para a proposta ser aprovada

A Câmara dos Deputados ainda deve votar o segundo turno da reforma da Previdência, contudo, a maioria dos senadores já se posicionou favorável à proposta que altera as regras para se aposentar no Brasil. Segundo levantamento do jornal ‘O Estado de S. Paulo’, o placar da Previdência aponta 42 votos “sim” ao texto, antes mesmo de ele chegar ao Senado.

Para o projeto ser aprovado são necessários mais sete votos, já que se trata de uma Proposta de Emenda à Constituição e é preciso ter a manifestação favorável de ao menos 49 senadores.

Segundo a consulta divulgada, dos 81 senadores, 15 disseram que só irão se manifestar quando o texto chegar ao Senado e 11 afirmaram ser contrários ao texto aprovado pelos deputados. Sete não foram encontrados, quatro não responderam e um se declarou indeciso.

O texto da reforma aprovado na Câmara fixa uma nova idade mínima para se aposentar – 65 anos para homens e 62 anos para mulheres –, que vai valer para quem entrar no mercado de trabalho. Dos 17 deputados goianos, apenas três foram contra a reforma da Previdência.

Veja como cada deputado goiano votou na reforma da Previdência:

Dr. Zacharias Calil (DEM) – SIM

Jose Mario Schreiner (DEM) – SIM

Alcides Rodrigues (PRP) – SIM

Magda Mofatto (PR) – SIM

José Nelto (PODE) – SIM

Adriano do Baldy (PP) – SIM

Professor Alcides (PP) – SIM

João Campos (PRB) – SIM

Glaustin Fokus (PSC) – SIM

Francisco Jr. (PSD) – SIM

Célio Silveira (PSDB) – SIM

Delegado Waldir (PSL) – SIM

Major Vitor Hugo (PSL) – SIM

Lucas Vergilio (SOLIDARIEDADE) – SIM

Flávia Morais (PDT) – NÃO  

Elias Vaz (PSB) – NÃO

Rubens Otoni (PT) – NÃO 

*Com informações da Terra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here