“Vingadores: Ultimato” volta aos cinemas com cenas inéditas e em busca de recorde

Jeremy Renner, Don Cheadle, Robert Downey Jr., Chris Evans, Karen Gillan e Paul Rudd em cena de 'Vingadores Ultimato'. (Foto: Reprodução)

Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), Capitão América (Chris Evans), Thor (Chris Hemsworth), Hulk (Mark Ruffalo), Viúva Negra (Scarlett Johansson) e companhia retornam a algumas salas do país em uma versão estendida de “Vingadores: Ultimato”. “Os fãs que forem ao cinema irão assistir, além do filme inteiro, um vídeo de introdução do diretor Anthony Russo e uma cena que não foi incluída na versão final do filme”, afirmou a Disney, em comunicado.

Ao original de três horas de duração somam-se apenas seis minutos a mais, incluindo uma homenagem a Stan Lee. O objetivo do estúdio, contudo, é um só. Superar definitivamente a bilheteria de “Avatar” (2009) e assim se tornar a produção mais lucrativa da História do cinema. Até a presente data, os seres azuis de James Cameron contam com US$ 2,787 bilhões em caixa, enquanto que os super-heróis estão com US4 2,772 bilhões, de acordo com o site Box Office Mojo.

Vale lembrar que o filme da Marvel foi o mais rápido a alcançar a marca de US$ 1 bilhão em venda de ingressos e a de US$ 2 bilhões em apenas 11 dias. Também se tornou a maior estreia mundial e a maior arrecadação do disputado mercado chinês e do Brasil. O relançamento de “Vingadores: Ultimato” nos cinemas dos EUA gerou mais piadas do que animação. O motivo é uma cena com um determinado personagem sem o tratamento final dos efeitos visuais.

Dev Patel em cena de ‘Atentado ao Hotel Taj Mahal’. (Foto: Reprodução)

Baseado numa história real de “humanidade e heroísmo”, o drama “Atentado ao Hotel Taj Mahal” reconstitui o ataque terrorista em Mumbai, na Índia, em 2008. “Entre os sobreviventes, estão o renomado chef Hemant Oberoi (Anupam Kher) e o garçom Arjun (Dev Patel) que escolhem arriscar suas vidas para proteger as demais vítimas. Em meio ao caos, um casal de hóspedes se vê forçado a lutar por sobrevivência para salvar a vida de seu filho recém-nascido”. O elenco também conta com Armie Hammer e Jason Isaacs. Anthony Maras dirige seu primeiro longa.

Do cineasta Marcelo Gomes, de “Cinema, Aspirinas e Urubus” (2004), o documentário “Estou me Guardando para Quando o Carnaval Chegar” participou do Festival de Berlim deste ano. De acordo com a sinopse oficial, na cidade de Toritama, considerada um centro ativo do capitalismo local, mais de 20 milhões de jeans são produzidas anualmente em fábricas caseiras. Orgulhosos de serem os próprios chefes, os habitantes trabalham sem parar em todas as épocas do ano, exceto o carnaval: quando chega a data, eles vendem tudo o que acumularam para se divertir.

Rodrigo Lombardi protagoniza “O Olho e a Faca”, de Paulo Sacramento. Na trama, seu personagem trabalha há anos em uma plataforma de petróleo, onde estabeleceu grandes vínculos de amizade. “Uma inesperada promoção, no entanto, abala a estabilidade de suas relações profissionais em um momento em que vive também uma grave crise familiar”. No elenco ainda estão Maria Luisa Mendonça, Caco Ciocler, Roberto Birindelli, Luís Mello e Débora Nascimento.

Dentre os filmes que continuam em cartaz em Goiânia estão o empolgante “Homem-Aranha: Longe de Casa”, as animações “Toy Story 4” e “Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2”, o nacional “Turma da Mônica – Laços”, o terror “Annabelle 3: De Volta para Casa” e a provocante distopia religiosa nacional “Divino Amor”. Antes de sair de casa, confira a programação das salas de cinema, a classificação indicativa, os horários das sessões e as datas de exibição. Boa diversão!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here