“O trabalho não atrapalha a vida de ninguém”, diz Bolsonaro sobre o trabalho infantil

Durante uma live, o presidente afirmou que não irá apresentar nenhum projeto de descriminalização do trabalho infantil para não ser “massacrado”

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, durante sua live semanal, nesta quinta-feira (4), que não vê problemas no trabalho infantil e que não foi “prejudicado” quando ajudou os pais na fazenda, aos 9 anos. De acordo com ele, “o trabalho dignifica o homem, mulher, não interessa idade”.

A declaração do presidente é contrária às ações realizadas pela Justiça do Trabalho, que buscam sensibilizar e conscientizar a população brasileira sobre a importância de se combater e denunciar o trabalho infantil. “O trabalho infantil, que atualmente vitimiza 2,7 milhões de crianças e adolescentes, tem origens históricas na nossa herança escravocrata e encontra na pobreza seu maior fator de perpetuação”, destaca o presidente do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro Brito Pereira.

“Olha só, trabalhando com 9, 10 anos de idade na fazenda. Não fui prejudicado em nada. Quando um moleque de 9, 10 anos de idade vai trabalhar em algum lugar, está cheio de gente aí falando que é trabalho escravo, trabalho infantil. Agora, quando está fumando um paralelepípedo de crack, ninguém fala nada. Então, o trabalho não atrapalha a vida de ninguém”, disse Bolsonaro.

Apesar da declaração, o presidente afirmou que não pretende alterar a criminalização do trabalho infantil. “Fique tranquilo, que eu não vou apresentar nenhum projeto aqui para descriminalizar o trabalho infantil, porque eu seria massacrado”, assegurou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here