Bolsonaro defende Neymar e diz que “acredita nele”

(Foto: Alan Santos/PR)

Declaração foi dada durante visita do presidente a Goiás. Na ocasião ele também anunciou a contratação de mil agentes da PRF

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) defendeu o jogador Neymar, envolvido em denúncias de estupro, durante evento em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, realizado na manhã desta quarta-feira (5), em Aragarças, Goiás. Segundo Bolsonaro jogador da seleção brasileira está ” passando por momento difícil” e que “acredita nele”. Jair disse ainda, que pretende ir ao jogo de Brasil e Catar hoje à noite e espera dar um abraço em Neymar.

Bolsonaro criticou a Folha de S.Paulo, após ser questionado sobre as acusações que pesam sobre Neymar. De acordo com ele, a repórter da Folha está condenando o jogador assim “como faz com ele”. E fez o seguinte comentário: “A Folha de S.Paulo já está julgando o Neymar como sempre me julgou o tempo todo. A mulher atravessa o continente, um montão de coisa acontece, chega no Brasil e quer (…)”, disse o presidente.

Na ocasião, Bolsonaro também anunciou a contratação de a contratação de mil agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), enquanto comentava sobre o projeto de lei que levou ontem (4) ao Congresso e que flexibiliza a legislação do trânsito. “Meus amigos policiais rodoviários federais, acabei de acertar com Paulo Guedes, nosso ministro da Economia, a contratação de mil servidores para essa área para bem ajudar no trânsito nos Estados. Mas a multagem eletrônica vai deixar de existir para o bem dos motoristas e do nosso Brasil”, garantiu.

A PL apresentada pelo presidente, propõe passar de 20 para 40 pontos o limite para a perda da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), por excesso de infrações, no período de 12 meses. Além dessa mudança, o projeto sugere outras alterações em trechos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como aumentar de cinco para dez anos a validade da CNH.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here