MP oferece denúncia contra ex-soldado da Força Nacional por feminicídio

Nathalia foi assassinada pelo namorado Josimar, ex-soldado da Força Nacional, com um tiro na cabeça. (Foto: Montagem)

Nathalia Lima Costa foi assinada com um tiro na cabeça

O ex-soldado da Força Nacional, Josimar Pereira da Silva foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás, por feminicídio praticado contra Nathalia Lima Costa, no dia 9 de maio, em Jataí sudoeste goiano. A vítima foi atingida por tiro de revólver calibre 38.

De acordo com o promotor da 6ª Promotoria de Justiça, Tharso Brondi, o crime foi cometido por motivo torpe, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, em razão da relação íntimas que era mantida entre o casal. No dia do crime, Josimar teria desentendido com Nathalia por ciúmes. Em seguida atirou na cabeça dela e escondeu a arma na geladeira e fugiu.

“Ele agiu impelido pelo ciúme excessivo, controlador e doentio, somente pela suspeita de que a vítima mantivesse relação com outras pessoas. Também agiu a fim de colhê-la de surpresa para não lhe possibilitar nenhuma reação, atirando enquanto ela, desarmada, estava sentada na cama”, afirmou o promotor de Justiça.

Além das penas pelo feminicídio, que vai de 12 a 30 anos de prisão, o promotor requereu que Josimar seja condenado a pagar indenização por danos morais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here