Nova política de vistorias é implantada no Detran

Governo anunciou o fim da cobrança de taxa de R$ 175,76 em quatro procedimentos diferentes

Começa a valer a partir desta quinta-feira (25), uma nova política de vistorias de veículos em Goiás. De acordo com o governador Ronaldo Caiado (DEM), não será cobrada a taxa de R$ 175,76 do cidadão em quatro situações sendo elas: emissão de 2ª via de Certificado de Registro de Veículo (CRV) e/ou Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV); perda ou danificação da placa traseira, tarjeta e/ou lacre do veículo; adoção da segunda placa traseira; e registro inicial de reboque e semirreboque, com a tara de até mil quilos. 

Os quatro tipos de serviços poderão solicitados na sede do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), por meio das Ciretrans espalhadas pelo interior do Estado ou em qualquer uma das unidades do Vapt Vupt. Segundo o Detran, foram solicitados 50 mil procedimentos relacionadas as quatro situações só em 2018.

O Estado também publicou uma portaria que entrou em vigor também em abril, que altera os registros de contratos de leasing e alienação fiduciária de veículos junto ao Detran-GO. Com isso, o serviço agora é feito pelas financeiras no portal de serviços da autarquia, onde também são armazenados os dados.

Com a mudança, o cidadão deixou de pagar uma taxa de R$ 182,35 à empresa terceirizada. O que, ano passado, diante dos 175 mil contratos registrados resultaram em pagamento de R$ 32 milhões. Agora, o cidadão paga apenas o valor que já era devido ao Detran, de R$ 193,06. Conforme os dados do Governo Caiado, as medidas anunciadas devem resultar uma economia de R$ 41 milhões para a população goiana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here