Deputado do PSL vai armado à Câmara, causa confusão e sessão é suspensa

(Foto: Twitter/Reprodução)

Por CartaCapital

O Art. 271 do regime interno da Câmara diz que  é proibido o porte de arma de qualquer espécie nos edifícios da Câmara

O deputado federal delegado Waldir (PSL-GO) participou, nesta terça-feira 9, da sessão da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados que discutiria o projeto de reforma da previdência. Em um momento de tensão entre os deputados, em volta da mesa do presidente da comissão, alguns parlamentares perceberam que o pesselista estava portando uma arma de fogo, o que é proibido pelo regras da casa.

O Art. 271 do regime interno da Câmara diz que  é proibido o porte de arma de qualquer espécie nos edifícios da Câmara e suas áreas adjacentes. Imediatamente o presidente da comissão. deputado Felipe Francischini (PSL-PR), deputado …, paralisou a sessão e pediu reunião com os líderes partidários.

A ideia é que o relator do projeto, Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), dê seu parecer ainda hoje sobre a proposta. Tudo indica que a votação ficará para semana que vem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here