Começa campanha de vacinação contra HPV e meningite para adolescentes

O público alvo serão meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos

A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO), por meio da Gerência de Imunização e Rede de Frio, vai incentivar a vacinação dos adolescentes contra HPV e meningite C. O público alvo serão meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos que ainda não receberam a segunda dose. Serão distribuídas mensalmente 20 mil doses para os municípios; o Estado tem em estoque 49,6 mil doses da vacina.

A ação está sendo realizada durante todo o mês de março como estratégia para intensificar a vacinação e, dessa forma, proteger meninos e meninas contra as duas graves doenças preveníveis por meio da imunização.

Liz Jane, a técnica da Gerência de Imunização, explica que a decisão de intensificar a imunização em escolas foi definida no intuito de melhorar a cobertura vacinal e resgatar os não vacinados. “Esta mobilização é um chamado para os adolescentes que nunca se vacinaram ou estão com o esquema incompleto para a vacina contra o HPV e também para os que não tomaram o reforço contra meningite C”, informa a técnica.

As vacinas poderão ser encontradas em todas nas unidades básicas de saúde do Estado durante todo o ano. “É uma vacina segura e eficaz na prevenção dos cânceres de colo de útero e vagina, nas meninas, e de pênis, nos meninos, além de proteger contra as lesões e verrugas anogenitais, causadas pelos subtipos contidos na vacina”, explica Liz.

O ideal é que adolescentes tomem a segunda dose da vacina em seis meses ou, no máximo, em 12 meses para garantir a melhor resposta imunológica oferecida pela vacina. Mesmo que o jovem não tenha seguido o cronograma de imunização no período recomendado, ele ainda pode receber a segunda dose.

Com informações da estagiária Tássia Tanara, orientada pela jornalista Dhayane Marques, pelo programa de extensão da PUC Goiás.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here