Prefeitura constrói jardins de chuva em Goiânia

A Prefeitura de Goiânia deve construir 350 jardins de chuva, na capital. (Foto: Tássia Tanara | NewsGO)

Projeto tem o intuito de minimizar alagamentos e retenção de água em setores da capital no período chuvoso

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) está substituindo rotatórias por jardins de chuva. O intuito do projeto é reduzir os alagamentos e enchentes durante o período de chuva nas ruas de Goiânia.

Foram construídos até o momento, 12 jardins de chuva, cinco no Setor Universitário e os demais no Jardim Atlântico, Sudoeste, Jardim Planalto, Balneário Meia Ponte, Jardim Guanabara, Novo Horizonte e Jardim Novo Mundo.

Segundo a Seinfra, cerca de 350 jardins de chuva devem ser implantados na capital. “Vamos implantar os próximos projetos nas áreas onde há maior incidência de alagamentos, principalmente nas proximidades dos 57 pontos apontados pela Defesa Civil de Goiânia”, explicou o titular da pasta, Dolzonan da Cunha Mattos.

O secretário esclareceu que os locais receberam uma estrutura de escoamento para que os jardins pudessem captar maior volume de águas pluviais. A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) será a responsável pelos serviços de jardinagem e paisagismo dos locais. As duas secretarias desenvolvem um trabalho conjunto na execução do projeto.

“Além desses serviços, estamos realizando a limpeza dos leitos dos córregos que ficam próximos das pontes e dos bueiros dos 85 cursos de águas que cortam a cidade”, reforçou Mattos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here