Aylton Vechi toma posse como procurador-geral de Justiça de Goiás

Solenidade foi realizada na sede do Ministério Público de Goiás. (Foto: Dhayane Marques | NewsGO)

Com discurso de fortalecimento e aproximação do Ministério Público com a sociedade, o magistrado assume gestão para o biênio 2019/2021

Aylton Flávio Vechi tomou posse na tarde de hoje (8), como procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Goiás, para o biênio 2019/2021. O procurador garantiu que a sua gestão à frente do órgão será pautada no fortalecimento e aproximação do MP com a sociedade.

Vechi foi o terceiro colocado na lista tríplice, enviada ao chefe do Executivo, formada a partir dos votos dos membros do MP-GO, em eleição realizada em 8 de fevereiro. Por meio de um decreto assinado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) em 19 de fevereiro,
Aylton Vechi foi nomeado como o novo procurador-geral.



Aylton Vechi foi o terceiro colocado na eleição para procurador-geral, com 142 votos. (Foto: Dhayane Marques | NewsGO)

“Assumo com muita naturalidade, esse foi o meu quarto processo eleitoral, haviam muito candidatos pulverizaram votos. O governador exerceu a discricionariedade [livre escolha] presente na Constituição Federal”, esclareceu Vechi. O procurador obteve 142 votos na eleição.

Na solenidade, o ex-procurador-geral Beneditino Torres Neto, relembrou a trajetória de 29 anos de carreira pública. Eleito pela terceira vez pelo colegiado, Benedito recebeu 276 votos, sendo o mais bem votado, com 70% de aprovação. Na ocasião, o ex-procurador pontuou as ações implementadas, enquanto esteve à frente do órgão. Entre elas, a criação dos Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em 2011.

“Encerro a gestão com todos os processos e projetos encaminhados na forma da Lei. A administração que se inicia desejo todo sucesso, o êxito da sua administração é o nosso êxito. As reformas que são praxe nas administrações que começam, possam produzir resultados positivos para o Ministério Público e para o Estado de Goiás. Agradeço ainda aos amigos Carlos Alberto e Leila Maria, que percorreram comigo pelo Estado de Goiás durante campanha para procurador-geral de Justiça”, finalizou Torres.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here