Ministério da Justiça revoga nomeação de Ilona Szabó

Cientista política Ilona Szabó. (Foto: Reprodução)

“Repercussão negativa” teria sido o principal motivo que levou Moro a  revogar nomeação da cientista

O Ministério da Justiça e Segurança Pública revogou a nomeação de Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. O Comunicado foi feito hoje (28), por meio de nota.

Na nota, o Ministério da Justiça pontua que a escolha da Ilona “foi motivada pelos relevantes conhecimentos da nomeada na área de segurança pública e igualmente pela notoriedade e qualidade dos serviços prestados pelo Instituto Igarapé”.

Ilona Szabó é cientista política, com mestrado em estudos de conflito e paz pela Universidade de Uppsala (Suécia), além de especialista em redução de política de drogas e violência. A nomeação de Ilona, como suplente, causou uma

“repercussão negativa” e rendeu críticas nas redes sociais pelos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro ao Ministro.

Leia nota na íntegra:

O Ministério da Justiça e Segurança Pública nomeou Ilona Szabó, do Instituto Igarapé, como um dos vinte e seis componentes do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), órgão consultivo do Ministério. A escolha foi motivada pelos relevantes conhecimentos da nomeada na área de segurança pública e igualmente pela notoriedade e qualidade dos serviços prestados pelo Instituto Igarapé. Diante da repercussão negativa em alguns segmentos, optou-se por revogar a nomeação, o que foi previamente comunicado à nomeada e a quem o Ministério respeitosamente apresenta escusas.

Assessoria de Comunicação do Ministério da Justiça e Segurança Pública

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here