Corinthians vence de novo o Derby no Allianz e acalma seu começo de ano

O Corinthians conseguiu o que precisava na tarde deste sábado, no Allianz Parque. Mesmo diante de um Palmeiras que ameaçou diversas vezes na jogada aérea e manteve a posse bola em quase 3/4 da partida, o Timão conseguiu o gol logo de cara, com o desacreditado Danilo Avelar, e segurou a vantagem até o final do jogo. 1 a 0 que acalma o início de ano ruim da equipe na temporada 2019.

Com o resultado, o clube chega a sete pontos conquistados no Grupo C, empatando em número de tentos com a Ferroviária, que ainda joga no final de semana. Mais que isso, consegue seu primeiro grande resultado do ano. O Verdão, por sua vez, perde a primeira no ano, estacionando nos dez pontos conquistados. O clube do Parque São Jorge, aliás, chega a quatro vitórias na casa do rival, contra duas do adversário e um empate.

Na próxima rodada, os comandados de Luiz Felipe Scolari terão pela frente o Bragantino, mais uma vez no Allianz, às 20h (de Brasília) da segunda-feira, dia 11, pelo Paulista. Fábio Carille e seu elenco, por sua vez, visitam o Novorizontino no domingo, dia 10, mas antes terão um duelo decisivo pela Copa do Brasil: jogo eliminatório contra o Ferroviário, às 21h (de Brasília) da quinta, em Londrina, pela primeira fase do torneio nacional.

Os seis minutos iniciais da partida tiveram uma única equipe com a bola: o Palmeiras, que conseguiu tocar na redonda com todos os seus jogadores de linha, rodou bastante e buscou entrar na partida. Em uma bola roubada pela direita, porém, o Timão viu Mateus Vital fazer boa jogada e ser derrubado por Bruno Henrique. Sornoza cobrou, Gustagol cabeceou bem e Weverton fez linda defesa. Gomez afastou parcialmente e Avelar chutou para o gol vazio, abrindo o placar.

A vantagem corintiana condicionou o restante do primeiro tempo a ser exatamente igual aos minutos iniciais, com o Palmeiras tomando para si a bola e ficando a cargo de buscar espaços. O Verdão ainda quase empatou na sequência, quando Lucas Lima pressionou Manoel, viu o zagueiro ser lento na recuperação e cruzou. Nem Borja nem Carlos Eduardo conseguiram finalizar com qualidade, dando tempo de Henrique afastar o perigo.

Preocupado em ter mais profundidade, Felipão aproveitou a parada técnica para trocar de lado Dudu, anulado por Fagner até aquele momento. Frente a frente com Danilo Avelar, o atacante não demorou a mostrar sua velocidade e criar chance com um cruzamento rasteiro, que Borja desperdiçou. Na sequência, ele deixou Mayke em boa condição na área, o lateral cruzou e Carlos Eduardo, livre, cabeceou por cima do gol.

O Timão, sem velocidade, ainda conseguiu escapar em alguns contra-ataques, mas não levou mais perigo ao gol de Weverton. Até o intervalo, quem teve a chance de balançar a rede foi o time da casa. Dudu bateu escanteio na segunda trave e Felipe Melo conseguiu se livrar de Ramiro, cabeceando livre. A forte testada do volante, porém, foi por cima do gol, para decepção dos palmeirenses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here