Reforma do prédio faz parte da revitalização da Praça do Trabalhador

As obras que começaram no primeiro semestre do ano passado, já estão com 80% concluídas. O complexo cultural teve peças como painéis de Frei Confaloni , a Maria Fumaça e o relógio da torre foram restaurados. Um investimento de R$ 5,8 milhões, que contemplam uma parte da Praça do Trabalhador, que será totalmente revitalizada até o final do ano.

Por ser um patrimônio histórico, a Prefeitura de Goiânia apresentou junto ao Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), um Plano de Uso para o edifício com adequações para receber uma unidade da Atende Fácil, uma Central de Atendimento ao Turista (CAT), uma Gerência de Patrimônio Histórico e um ponto de apoio da Guarda Civil Metropolitana, com um espaço para acomodar os instrumentos da Banda Municipal, que tradicionalmente já fazia ensaios no local.

Segundo a prefeitura os visitantes também vão encontrar na nova Estação Ferroviária exposições temporárias de artistas locais, que vão compor todo o complexo cultural.

(Foto: Divulgação)