Entrevista com o empresario Juliano Carrilho que inaugura hoje a “Serena Steak House”

Foto: Divulgação

Inaugura, hoje, a Serena Steak House, no Setor Bueno. O mais novo rodizio de churrasco da cidade, será de alto padrão e de alto refinamento. O empresário Juliano Carrilho, que é um dos proprietários, conta como será o funcionamento da casa e garante o melhor atendimento e variedade de carnes e bebidas. Confira a entrevista:

Qual foi a motivação pra abrir uma nova churrascaria na cidade?

Sempre foi um sonho ter uma churrascaria. O ponto é excelente, a estrutura é maravilhosa, então resolvi realizar meu próprio sonho.

No seu ponto de vista, qual será o seu diferencial diante as outras casas de carne que já existem?

Temos experiência no mercado de restaurantes, somado ao sonho de ter uma churrascaria. E temos ao nosso lado o melhor profissional da área, que é o mestre churrasqueiro Luiz Fiori. Então, não temos dúvida de que teremos a melhor qualidade e diversidade de carnes, além de um atendimento de primeira.

Uma carne que já é nobre, por si só, faz com que ela seja mais saborosa na hora de cozinhar?

Não! Vale muito mais a mão que manuseia. Não adianta a carne ter qualidade se quem a prepara não sabe, por exemplo, cortá-la. O toque e o tempero são essenciais para que a carne seja saborosa.

Pela parceria com o Bahrem, a Serena Steak House vai ter algum tipo de diferencial em relação a bebidas, como drinks, por exemplo?

Sim. Temos um cardápio de drinks variados e pretendemos ter sempre novidades. É uma churrascaria, mas conhecemos bem os goianos e sabemos que a bebida tem uma grande importância. E, claro, teremos mais uma vez o chope mais gelado da cidade.

Qual a sua expectativa de mercado para o ano de 2019?

Acredito que será um divisor de águas. Por consequência da troca de governos, teremos mudanças, e nem tudo e todos se adequarão a elas. Estamos preparados para o novo.  Acreditamos e lutaremos, dia a dia, pelo nosso sucesso.

Evidentemente, abrir um novo empreendimento gera novos empregos. Mas Você acredita que fazer isso no meio de uma crise econômica é uma proposta ousada?

Se é ou não, isso não tem tanta importância. Talvez, eu seja ousado, mas prefiro dizer que gosto de desafios. E acredito muito que arriscar é o que não nos deixa parados no mesmo lugar. Para crescer e ter sucesso, arriscar é o ponto de partida.  

Existe alguma diferença no churrasco goiano para os demais estados?

O que churrasco goiano, em relação aos outros, tem de mais específico é a quantidade de cupim que o goiano come. Goiano adora cupim no churrasco. Nos outros lugares no Brasil acho que o cupim não é tão apreciado quanto aqui. E, também, tem a questão do tempero da carne. O goiano gosta da carne bem “salgadinha”. Tem a tendência da “mão mais puxada” pro lado do sal. Essas são as principais características do churrasco goiano. Além de que, logicamente, as confraternizações são as mais alegres do Brasil. Disso eu tenho certeza absoluta.

No seu ponto de vista qual será o carro chefe do menu?

Nossa estrela, claro, é a carne. Não priorizamos a qualidade de um tipo, e sim de todos os tipos. Atenderemos clientes com todo tipo de gosto, por isso queremos agradar a todos. Então, a qualidade do nosso churrasco será a nossa atração.

Qual a estratégia para atrair o público em um mercado tão competitivo?

A estratégia é manter a qualidade e o bom atendimento.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here