Final da Libertadores é suspensa e remarcada para este domingo as 18h

Assim como o jogo de ida, o jogo de volta da final da Libertadores da América foi adiada. Neste sábado, após o apedrejamento do ônibus do Boca Juniors na chegada ao estádio Monumental de Nuñez, que feriu jogadores do time visitante, a final foi adiada por várias vezes até ser oficialmente suspensa. A disputa será neste domingo, às 18 horas (de Brasília).

Ao confirmar o adiamento da partida para domingo, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, disse que as duas equipes concordaram com a medida. “São seres humanos, pessoas com família, não há condições de ter o jogo, as duas equipes estão de acordo com isso”, disse o mandatário. “Queremos o melhor para o futebol sul-americano, temos convidados, então será amanhã”.

Relembre a confusão
Antes da final, programada para as 18 horas de Brasília, 17 horas no horário local, o ônibus da delegação do Boca Juniors foi alvejado por pedras e garrafas arremessadas por torcedores do River Plate. Alguns jogadores foram atingidos por estilhaços de janelas quebradas e acabaram se ferindo.

Um deles foi o meio-campista Pablo Pérez, capitão da equipe. Ele acabou com um corte no braço esquerdo e foi atingido nos olhos por estilhaços de vidro. O jogador foi conduzido até um hospital depois de chegar ao estádio.

Depois da confusão, após reunião entre representantes dos dois times, da arbitragem, da Conmebol e até Gianni Infantino, presidente da Fifa, o jogo foi adiado em uma hora. No entanto, após outros três adiamentos, uma nova reunião decidiu pela remarcação do jogo para o domingo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here