Goiânia recebe o Retrata – Fórum Visual

Foto: Divulgação Mar de lama - Leandro Couri

A proposta é o olhar fotográfico para além da memória, como um exercício crítico social

O Retrata – Fórum Visual vai discutir o olhar fotográfico para além da memória, como um exercício crítico social. Nesta primeira edição, o projeto reunirá sete profissionais, entre fotojornalistas e documentaristas, para discutir resultados de trabalhos que fizeram em campo. Serão três encontros gratuitos no Auditório da Faculdade de Artes Visuais da UFG nos 07, 08 e 09 de novembro, das 19h30 às 22h.

No primeiro dia do Retrata, a pauta abordada será sobre o Aquífero Guarani e sua relação com a bacia geológica do Paraná, suas bacias hidrográficas, características, morfologia e capacidade e também sua importância para o Cerrado. Tendo estes assuntos como ponto de partida, os palestrantes colocarão em debate a ética na fotografia de natureza: arte, documento e denúncia.

O segundo encontro vai ser discutido a tragédia ambiental em Mariana (MG), assuntos como a aniquilação da mata ciliar no vale do Rio Gualaxo, a cidade fantasma de Bento Rodrigues, o curso da lama por 800 km ao longo do leito do Rio Doce até a chegada ao mar do Espírito Santo.

Finalizando o Retrata com o tema com um debate sobre o clima na Antártida, serão discutidas questões como: Qual o estado de alma atual da Antártida? Que valores antárticos merecem divulgação? Entre outras perguntas.

O Retrata é realizado pelo Wagner Araujo, fotógrafo e produtor cultural, e coordenado pelo fotógrafo Weimer Carvalho.

Os convidados

Os primeiros convidados do Fórum Visual são o historiador e fotógrafo que viaja o mundo para realizar seus projetos e já produziu livros, reportagens e exposições em 15 países, tendo recebido prêmios da National Geographic e do Banff Centre, no Canadá, João Paulo Barbosa; o doutor em Antropologia e Arqueologia e professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), Altair Sales Barbosa; o fotógrafo com formação em Professional Photography pelo NYIP, o New York Institute of Photography, André Monteiro, que possui diversos livros sobre o tema em questão já publicados; o fotojornalista editor de fotografia do Jornal O Popular, com trabalhos publicados em diversos jornais e revistas nacionais e internacionais como Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, El Pais e The Guardian, Weimer Carvalho; o repórter fotográfico multimídia do Jornal Estado de Minas com premiados trabalhos de jornalismo investigativo na área de meio ambiente, Leandro Couri; o jornalista e escritor capixaba radicado em Brasília e conhecido por seus trabalhos em torno de conflitos socioambientais, políticas públicas, da Amazônia, mineração e dos direitos humanos, Maurício Ângelo; e o fotógrafo profissional há mais de 30 anos e produtor cultural que vem movimentando o circuito da fotografia em Goiás por meio de eventos e festivais inéditos, Wagner Araújo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here