Homens autores de violência contra mulher passam por trabalho de conscientização

(Foto : grupo reflexivo divulgação)

Em formato de reuniões semanais com grupos de até 16 homens, a Secretaria Cidadã visa diminuir as estatísticas de violência contra a mulher em Goiás

O Centro de Referência Estadual da Igualdade (CREI), unidade da Secretaria Cidadã, sediou nesta segunda-feira (10) o início dos trabalhos de mais um Grupo Reflexivo para Autores de Violência Doméstica. Os grupos atendem a uma determinação da justiça e reúnem homens autores de violência contra mulheres em processo de ressocialização.

Iniciado em 2015, o trabalho é fruto de parceria entre a Secretaria Cidadã, o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), Ministério Público Estadual (MP-GO), Conselho de Comunidade na Execução Penal de Aparecida de Goiânia (CCEP) e Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO). Depois dos primeiros grupos instalados em Goiânia, o trabalho já conta com mais de 50 grupos que atenderam a mais de 1.000 homens autores de violência doméstica.

O índice de reincidência é próximo de zero. Os participantes são encaminhados, de forma compulsória, pelos juízes dos respectivos processos a que respondem com base na Lei Maria da Penha.

Com informações do estagiário Kentenich Silva, orientado pela jornalista Dhayane Marques.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here