Primeiro debate entre candidatos ao Governo de Goiás é marcado por críticas a atual gestão

(Foto: Divulgação)

Os cinco candidatos que participaram do confronto, fizeram perguntas entre si e na maioria os governadoriáveis direcionaram ataques, para a atual gestão estadual

Durante o primeiro debate entre os candidatos ao governo de Goiás, realizado no início da tarde desta segunda-feira (27), na Rádio Interativa, marca o início dos confrontos entre os candidatos. O programa terá duração de duas horas e contou com a participação de Daniel Vilela (MDB), José Eliton (PSDB), Kátia Maria (PT), Ronaldo Caiado (DEM) e Weslei Garcia (PSOL).

No debate, os candidatos fizeram perguntas apenas entre si. Na maioria das questionamento, os governadoriáveis direcionaram ataques, para a atual gestão estadual. Por outro lado, de forma sutil, o governador e candidato à reeleição, José Eliton, reforçou avanços em Goiás.

“O que fica claro é a falta de propostas. Na falta do que apresentar, do que propor, ficam inventando o que não tem. Eu tenho um compromisso com a verdade e respondo por meus atos, garanto a minha conduta. Eu estou focado no futuro e não no passado, porque eu quero construir”, destacou José Eliton.

Caiado também foi criticado por Daniel Vilela, que o apontou como ‘incoerente’. O democrata evitou confronto direto com o candidato emedebista, se concentrando em ataques ao governo estadual.

Já Daniel Vilela não desperdiçou a oportunidade e na tréplica, criticou o senador pela apresentação de “propostas vazias”. Complementando sobre os discursos apresentados por Ronaldo Caiado. “Estamos ouvindo essas mesmas promessas há 20 anos. Inclusive, o senador Ronaldo Caiado fez parte deste grupo político por 16 ano”, argumentou.

O candidato Weslei Garcia pontuou em seu discurso a questão da segurança, temas como trabalho escravo e meio ambiente. Enquanto a candidata do PT, Kátia Maria, concentrou o discurso no cenário nacional e trouxe à tona assuntos como a reforma trabalhista e a PEC que congela os gastos públicos por 20 anos. Além de mencionar modelo das gestões do ex-presidente Lula e defendeu a eleição do político.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here