Carille aceita proposta do Al Wheda e deixará o Corinthians

Fábio Carille não é mais técnico do Corinthians. Nesta terça-feira, ele aceitou a proposta do Al Wheda, da Arábia Saudita, que fez o anúncio da contratação do treinador (veja abaixo). O Timão passará a ser comandado por Osmar Loss, até então auxiliar da comissão fixa do clube.

Além de Carille, deixarão o Corinthians o auxiliar Leandro da Silva, o Cuca, e o preparador físico Walmir Cruz.

Carille foi efetivado no Corinthians no fim de 2016 e comandou a equipe em 114 jogos, com 59 vitórias, 32 empates e 23 derrotas (aproveitamento de 61,1%). Ele conquistou três títulos: Paulista em 2017 e 2018 e o Brasileirão de 2017.

O contrato de Carille com o Timão era válido até o fim de 2019, com opção de renovação automática por mais um ano. A multa rescisória do treinador é de R$ 300 mil, valor de um salário

Carille disse em julho de 2017, em entrevista à Rádio Jovem Pan, que não sairia do Corinthians “nem por um caminhão de dinheiro”. Na semana passada, após o vazamento do interesse do clube árabe, ele afirmou que seriam “dois caminhões”, que poderiam fazer ele mudar de planos.

Como o LANCE! mostrou, além do fator financeiro, Carille mudou de ideia por não ter tanta confiança no presidente Andrés Sanchez, que assumiu o clube no início de fevereiro, e por poder levar sua comissão técnica. O treinador chegou a recusar uma proposta de um clube chinês com “valores loucos”, como ele mesmo classificou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here