Quinta Etapa da Stock Car em Santa Cruz do Sul

Marcos Gomes vence a corrida 1 da Stock Car

Uma bela corrida, sob muito frio, abriu as disputas da Stock Car em Santa Cruz do Sul. E Marcos Gomes foi o nome dominante na corrida 1 da quinta etapa do campeonato: o piloto do carro 80 da Cimed Chevrolet Racing só precisou defender a liderança de Daniel Serra nas voltas finais, mas conseguiu manter a ponta e recebeu a bandeira quadriculada na frente.

A largada foi movimentada. Marcos Gomes manteve a ponta, mas Júlio Campos superou Daniel Serra e subiu para segundo, com Max Wilson também ganhando a posição do colega de equipe. Mais atrás, Valdeno Brito perdeu o controle e espalhou pela pista, com Antonio Pizzonia, Galid Osman e Tuka Rocha envolvidos na batida. Depois, Thiago Camilo tocou em Ricardo Zonta ao tentar subir para sexto e conseguiu a ultrapassagem, mas Zonta ficou atravessado na pista e perdeu muito tempo.

Na sexta volta, quem teve problemas foi Rubens Barrichello. Décimo colocado até então, o veterano começou a perder rendimento e precisou levar o carro 111 da Full Time Sports aos boxes. Mais à frente, Serra superou Wilson e pulou para terceiro. A partir daí, começou um verdadeiro jogo de caça entre Daniel e Júlio Campos. E o atual campeão só conseguiu superar o adversário e voltar à segunda colocação na 20ª volta, com o uso do botão de ultrapassagem. Na volta seguinte, Max Wilson fez o mesmo sobre Campos e subiu para terceiro.

A corrida estava tranquila até a 23ª volta. Na reta dos boxes, Vitor Genz, que vinha em 10º, tentou ultrapassar Cacá Bueno. O pentacampeão fechou a porta para o gaúcho e acabou levando Genz para fora da pista, e os dois bateram e atravessaram a pista. Quem se deu mal com isso foi Bruno Baptista: o garoto da Hero Motorsport fazia uma ótima prova, em oitavo, mas foi pego pelo carro de Cacá desgovernado na pista. O acidente provocou bandeira amarela e a entrada do safety car.

O carro de segurança embolou todo o pelotão para as últimas voltas, e Daniel Serra foi para cima de Marcos Gomes para buscar a vitória. Mas o dono do carro 80 não deu chances: com uma tocada segura, Gomes levou o carro da Cimed Chevrolet Racing ao triunfo na corrida 1 em Santa Cruz do Sul, sua primeira vitória desde 2016. Serra e Max Wilson, ambos da Eurofarma RC, completaram o pódio.

Na sequência, vieram Júlio Campos, Átila Abreu e Lucas Foresti. Thiago Camilo foi o sétimo, com o gaúcho Cesar Ramos, da Blau Motorsport, em uma ótima oitava colocação. Allam Khodair, colega de Ramos, foi o nono, e Felipe Lapenna, da Cavaleiro Racing, foi o 10º – e larga da pole na corrida 2, com o grid invertido entre os 10 primeiros colocados.

Átila Abreu fatura segunda corrida

A segunda corrida da Stock Car em Santa Cruz do Sul foi marcada por belas disputas, ultrapassagens e uma batalha no fim que teve Átila Abreu como grande vitorioso. O piloto do carro 51 da Shell V-Power superou Thiago Camilo, da Ipiranga Racing, a quatro voltas do fim e recebeu a bandeira quadriculada na frente. Felipe Fraga foi o terceiro colocado, em ótimo desempenho do carro da Cimed Racing. E quem também sorriu foi Daniel Serra, quinto colocado atrás de Marcos Gomes. O atual campeão ampliou sua vantagem na liderança do campeonato, agora com 152 pontos contra 109 de Gomes, novo vice-líder.

Felipe Lapenna manteve a ponta na largada, e Cesar Ramos passou Allam Khodair para subir para segundo. Mais atrás, diversos carros se envolveram em uma série de batidas, com Denis Navarro rodando e tirando Bia Figueiredo da corrida – a dona do carro 3 da Ipiranga Racing acabou no barranco, sem condições de voltar à pista. Lucas Foresti e Max Wilson também trocaram tinta e ficaram para trás. Com isso, o safety car foi enviado à pista logo após as primeiras curvas.

Enquanto o safety car seguia na pista, o tempo virou e algumas gotas de chuva começaram a cair no traçado. Na relargada, na quarta volta, Cesar fez a primeira curva à frente de Lapenna, mas tomou o xis do rival na sequência e seguiu em segundo. Thiago Camilo veio em terceiro, com Khodair em quarto e Átila Abreu em quinto. E Felipe Fraga, que havia largado em penúltimo na primeira corrida e fez uma prova de recuperação, era o 10º.

A corrida seguiu sem maiores sobressaltos até a janela de pit stops. A equipe Cavaleiro Sports teve problemas na parada de Felipe Lapenna, e Thiago Camilo pulou na frente. Ramos manteve-se em segundo, com Felipe Fraga em terceiro, mas logo em seguida Átila Abreu passou ambos e começou a buscar Camilo. Na 17ª volta, Fraga passou Cesar e conquistou o terceiro lugar, deixando o gaúcho fora das posições de pódio. Logo em seguida, foi a vez de Daniel Serra passar Ramos – o carro do gaúcho não apresentava o mesmo rendimento dos adversários nas primeiras posições.
Na 20ª volta, Átila Abreu encostou de vez em Thiago Camilo para disputar a liderança. E os dois fizeram uma bela batalha, andando colados até que o piloto do carro 51 da Shell V-Power ultrapassou o rival da Ipiranga Racing na curva 1.

No final, vitória para Átila, a primeira no ano e a 11ª na carreira. Camilo foi o segundo, com Felipe Fraga em terceiro. Marcos Gomes, vencedor da prova 1, foi o quarto, com Daniel Serra em quinto, Rubens Barrichello em sexto e Cesar Ramos em sétimo. Felipe Lapenna, Júlio Campos e Valdeno Brito completaram o top 10.

A Stock Car agora entra em pausa. Por conta da Copa do Mundo, a próxima prova será apenas no dia 5 de agosto, em Goiânia, com a Corrida do Milhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here