Leonardo Vilela assume gestão 2018/2019 do Conass

A solenidade de posse do novo presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) aconteceu na terça-feira (24), em Brasília. O secretário de Estado da Saúde de Goiás Leonardo Vilela, que assume a gestão por um ano. “O SUS contribuiu muito nesses 30 anos com o país. O aumento da expectativa de vida e a redução da mortalidade infantil são dois indicadores que demonstram isso”, disse Leonardo, no discurso de posse como presidente do Conass.
Ronald Ferreira, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), ao parabenizar o novo presidente Leonardo Vilela, defendeu os princípios do SUS e uma ampla coalizão política, social e técnica em favor da consolidação e financiamento do Sistema.

O ex-presidente do Conass Michelle Caputo cumprimentou o ex-governador Marconi Perillo pela atuação democrática e foco na Saúde: “Só o fato de ter gestores como Fernando Cupertino e Leonardo Vilela mostra sua visão acertada”.
“Para 150 milhões de brasileiros, o SUS é o único plano de saúde”, lembrou Mauro Junqueira, do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde.

Leonardo Vilela pontou sua trajetória na saúde. “Esse é um dos fóruns mais importantes dentre os quais já participei. O de maior peso político e representatividade é o Conass, que pauta muitas das discussões mais importantes em torno da saúde no país. Temos muitos desafios e posso prometer muito trabalho” finalizou.
O Ministro da Saúde encerrou a solenidade afirmando que é preciso “defender o que já conquistamos e avançar”. Gilberto Occhi disse que na questão da judicialização, já buscou apoio da Advocacia-Geral da União (AGU) para enfrentar o problema. E ainda, pretende investir no diálogo com os gestores municipais para melhorar o atendimento à população. “O pagamento em dia das obrigações é um compromisso que precisamos lutar para manter”, afirmou o ministro.

Participaram ainda da solenidade, a deputada estadual de Goiás Eliane Pinheiro, ex-governador de Goiás Marconi Perillo, representando o governador José Eliton, o presidente do Conselho de Secretários Municipais de Goiás (COSEMS/GO), Gercilene Branca Ferreira, representante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) Mônica Padilha, do presidente do Conselho Nacional de Saúde Ronald Ferreira, do presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) Mauro Junqueir, do ex-ministro Desenvolvimento Social Osmar Terra, o presidente da Associação Goiana de Integralização e Reabilitação (Agir) Sérgio Daher, o diretor do Instituto de Gestão em Saúde (Gerir) Davi Correia, o presidente do Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (Ibross) Renilson Rehem e o presidente da Federação Nacional das Santas Casas José Roldão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here